Encomendas e Devoluções

A encomenda de algum produto, escolhido de entre os existentes na loja online é feita mediante a sua colocação no cesto de compras;
Para alguns produtos, devidamente identificados na loja online, a aquisição poderá ser limitada a um determinado número de exemplares;
Apenas é possível cancelar uma encomenda se a mesma estiver em estado pendente, o que significa que ainda não foi empacotada e não saiu dos nossos armazéns. Para isso, é estritamente necessário efectuar o seguinte:

Entre em contacto com a EXPONENCIALGREEN para o correio eletrónico bioethnolife@bioethnolife.com e informe todos os dados da encomenda e a pretensão de anular a mesma.
Em caso de cancelamento de encomenda, o reembolso só será feito após boa cobrança e através do mesmo meio de pagamento.
A EXPONENCIALGREEN suportará os custos de transporte da devolução, quando o artigo estiver danificado ou se tiver ocorrido um erro na sua expedição; numa encomenda de múltiplos produtos a EXPONENCIALGREEN devolverá o diferencial entre os valores dos custos de transporte da encomenda original e o valor dos custos de transporte da encomenda sem os produtos danificados. Se o motivo da devolução for porque mudou de ideias ou se enganou ao encomendar, o custo de transporte, acrescida de eventuais custos de operação, ser-lhe-á descontado no valor do reembolso.


A EXPONENCIALGREEN apenas aceita devoluções de produtos novos, completos e dentro da embalagem original da encomenda. Esta embalagem não deve estar danificada, alterada ou rasurada. Produtos incompletos, danificados ou utilizados pelo cliente não serão aceites.
No caso de devoluções que não cumpram as condições supra citadas, o cliente não terá direito a qualquer reembolso e ser-lhe-á proposto o envio dessa devolução juntamente com a próxima encomenda. Se o cliente recusar e pretender reaver o artigo, terá de agendar uma recolha dos artigos nas instalações da EXPONENCIALGREEN e suportar os encargos correspondentes.
A entrega de produtos adquiridos neste serviço respeita as normas legais aplicáveis em Portugal ao exercício de comércio à distância (Decreto-Lei n.º 82/2008 de 20 de maio);
O cliente tem o direito de reclamar qualquer defeito, incorreção ou inadequação do produto relativamente ao que foi encomendado, dentro dos prazos legais estabelecidos para o efeito.

Mais Vendidos
Newsletter